15 de junho de 2011

PRINCIPAIS PÁGINAS PARA PESQUISAS DE DADOS


O uso científico das informações em páginas oficiais são importantes para contextualizar o fenômeno estudado. Esta contextualização permite, por exemplo, identificar as causas sociais dos fenômenos e aperfeiçoar a visão sobre os resultados do estudo.

Para uma visão efetivamente compreensiva dos fenômenos relacionada um problema é preciso, segundo Kahn (2002) atentar para as condições gerais da vida da população.

Desta forma e fundamental que os fenômenos estudados estejam agregados a informações socioeconômicas e infra-estrutural, principalmente quando trabalhamos com análises risco. Assim, algumas páginas para pesquisa são:

Informações sobre indicadores sociais, censos demográfico, contagens da população, estatística do registro civil, pesquisa de orçamento familiar, pesquisa nacional de amostra por domicílio, projeção da população, estimativas da população, Altas de saneamento, economia informal urbana, saneamento básico, socioeconômicas e urbanas para o Brasil, estados e municípios.

Dados macroeconômicos e regionais: http://www.ipeadata.gov.br/
Informações sobre Agropecuária, balanço de pagamento, câmbio, comércio exterior, consumo e venda, contas nacionais, demografia, economia internacional, educação, eleição, emprego, finança pública, financeiro, geográfico, habitação, IDH, segurança pública etc...

Informações sobre mortalidade e sobrevivência: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php
Informações epidemiologias, morbidade, assistência a saúde e demografia e socioeconômicas.

3 comentários:

  1. AgroTools e Digibase apresentam solução Geoespacial para a cadeia do Agronegócio

    Um dos destaques da AgroTools www.agrotools.com.br líder nas soluções de Agro BI (Agri business Intelligence), durante o MundoGEO#Connect, realizado em São Paulo, nos dias 14, 15 e 16 de junho, é a parceria com a Digibase www.digibase.com.br especializada no fornecimento de Imagens de satélite de alta resolução, garantindo ainda mais precisão na gestão, análise e monitoramento de riscos dos produtos AgT.

    Essas imagens funcionam como insumo para os produtos Agrotools - AgT, empresa provedora de soluções para o AgroNegócio Sul Americamo, com sede em São Paulo e conta com sua equipe técnica em São José dos Campos, preparada para incorporar imediatamente as novidades geotecnologicas as necessidades da cadeia de negócios Agro. filial em São José dos Campos.

    A AgroTools participa da plataforma tecnológica ESRI www.esri.com,através do programa de parcerias Esri Partner Network – EPN.

    Segundo Sergio Rocha,diretor da AgroTools: “o objetivo principal das soluções é prover ferramentas de gestão, análise e monitoramento de riscos para toda a cadeia do Agronegócio”
    Identificamos parâmetros que auxiliam nas tomadas de decisões estratégicas e operacionais, priorizando a análise, projeção, controle e transparência nas operações estruturadas agro como: “Asset Management, buil-to-suit, sale leaseback”, além de atuar como “Special Adviser” nas operações financeiras em investimentos alternativos no ativo “Commodities”, Desta forma, os clientes da AgT podem visualizar e interpretar o negócio rural ao longo do tempo de forma espacializada e compreensão imediata dos investidores.

    Felipe Seabra, gerente de marketing da Digibase, explica que é possível ainda desenvolver subprodutos essenciais para o agronegócio, tais como: estimativas de biomassa, detecção de mudanças da estrutura fundiária e da produção agrícola, além de mapas temáticos de uso agropecuário e cobertura das terras em detalhes jamais vistos no mercado brasileiro.

    Mesa redonda

    Durante o MundoGeo #Connect a Agrotools e Digibase promovem mesa redonda com o tema:
    Finalmente chegou a vez de inserir o AgroNegócio na modernidade, com as ferramentas e soluções de GeoTecnologia para Agro BI (Agri business Intelligence).
    Fator decisivo e estratégico para consolidação do Brasil no principal cenário internacional de Commodities, no dia 16 de junho, às 14:30h, no auditório numero 5 com as presenças confirmadas: do Cientista Político, especializado em relações internacionais Christian Lohbauer; do Deputado Federal Irajá Abreu;do estrategista juridico Daltro Borges;do gerente de marketing da DIGIBASE Felipe Seabra e dos sócios fundadores da AgroTools; Sergio Rocha e Breno Felix.

    Mais informações
    contato@agtweb.com.br

    ResponderExcluir
  2. Veja a apresentação feita pela AgroTools no MundoGeo#Connect 2011: http://www.slideshare.net/Agrotools/mundogeoconnect-mesa-redonda-agrotools-e-digibase

    ResponderExcluir
  3. Olá Leonardo,

    vcoê já viu o documento criado pelo amigo Marcus Carvalho (@_marcuscarvalho)sobre fontes de dados livres.

    Aqui vai o link:
    http://wp.me/pdPtj-si

    Ela já está na 2° edição e a terceira está para ser lançada.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Representações Cartográficas

Globo - representação esférica, em escala pequena, dos apectos naturais e artificiais de uma figura planetária, com finalidade ilustrativa.

Mapa - representação plana, em escala pequena, delimitada por acidentes naturais ou políticos-administrativos, destinada a fins temáticos e culturais.

Cartas - representação plana, em escala média ou grande, com desdobramento em folhas articuladas sistematicamente, com limites de folhas constituídos por linhas convencionais, destinada a avaliação de distância e posições detalahadas.

Planta - tipo particular de carta, com área muito limitada e escala grande, com número de detalhes consequentemente maior.

Mosaiso - conjunto de fotos de determinada área, montadas técnica e artisticamente, como se o todo formasse uma só fotografia. Classifica-se como controlado, obtido apartir de fotografia aéreas submetidas a processos em que a imagem resultante corresponde à imagem tonada na foto, não controlado, preparado com o ajuste de detalhes de fotografia adjacentes, sem controle de termo ou correção de fotografia, sem preocupação com a precisão, ou ainda semicontrolado, montado combinando-se as duas características descritas.

Fotocarta - Mosaico controlado, com tratamento cartográfico.

Ortofotocarta - fotografia resultante da transformação de uma foto original, que é um perspectiva central do terreno, em uma projeção ortogonal sobre um plano.

Ortofotomapa - conjunto de várias ortofotocartas adjacentes de uma determinada região.

Fotoíndice - montagem por superposição das fotografias, geralmente em escala reduzida. É a primeira imagem cartográfica da região. É o insumo necessário para controle de qualidade de aerolevantamentos utilizados na produção de cartas de métedo fotogramétrico.

Carta Imagem - imagem referênciada a apartir de pontos identificáveis com coordenadas conhecidas, superposta por reticulado da projeção

Revista Geografia, Conhecimento Prático, n 23, p 54. ed. Escala