8 de setembro de 2014

I CORRIDA DE ORIENTAÇÃO EM COMEMORAÇÃO AO DIA AMAZÔNIA

 
O Clube de Orientação Coari e Geopará em parceria com organização não governamental (ONG) “No Olhar” realizou a I Corrida de Orientação em comemoração ao Dia da Amazônia no Parque Estadual do Utinga (Peut), gerenciado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). O evento também teve a participação da Marinha do Brasil, representada pelo grupamento de fuzileiros navais de Belém e do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA).
 
 
A Corrida de Orientação é um esporte que surgiu há mais de cem anos nos países nórdicos como Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia. A finalidade era fazer com que o atleta desenvolvesse atividades físicas ao ar livre, mantendo a mente ocupada durante todo o percurso e contribuindo para a Educação Ambiental (Folha do Progresso, 2014).
Os participantes durante o percurso deverão registrar sua passagem por diversos pontos de controle no meio da mata. A definição do percurso a seguir é realizada através da utilização de uma bússola e um mapa em um percurso de quase 2 horas de duração em trilhas ecológicas do Utinga. Os participantes percorreram 1,5 quilômetros entre as trilhas.
Os atletas mirins foram cerca de 40 crianças e adolescentes com idades entre 10 e 12 anos, do Quinto Ano e do Primeiro Ano do Ensino Médio, da Escola Estadual Almirante Renato Guillobel.
 
 
 Apesar de morarem perto, muitas delas não conheciam o parque, uma área de 1.200 hectares (equivalente a 100 campos de futebol), completamente preservada e que abriga os lagos Bolonha e Água Preta que abastecem mais da metade da população de Belém (Agencia Pará, 2014).

O percurso de Orientação teve o objetivo estimular o trabalho em equipe e o raciocínio lógico dos alunos, além do contato com a natureza e a iniciação cartográfica através dos Mapas de Percurso de Orientação confeccionado pelos Clubes de Orientação.
 
 
Neste percurso as crianças vão traçar seu trajeto através de trilhas, elevações, lagos e diversos outros tipos de terrenos do Parque do Utinga e no Dia da Amazônia os novos atletas puderam esta pertinho da natureza através de um esporte que estimula o raciocínio e o trabalho em equipe. Venceu o Percurso quem fizer o percurso no menor tempo.
O presidente do Clube Ariramba, o suboficial da Marinha, João Tenório disse que no esporte de orientação as crianças desenvolvem diversas habilidades. Elas precisam escolher o melhor caminho a seguir para completar o percurso no menor tempo possível e vencer a corrida. “A orientação é a arte de navegar em terras desconhecidas, sempre respeitando a natureza”, disse (Agencia Pará, 2014).
 
 
Segundo Marcos Wilson, um dos coordenadores do evento, o objetivo maior é que os alunos conheçam e cuidem do meio ambiente. “Os alunos têm o contato direto com a natureza e aprendem a cuidar dela, além de serem treinados para usar a bússola e mapa em um percurso de quase duas horas de duração em trilhas ecológicas do Utinga”, informou (Diário Online, 2014).
 
 
 
A estudante Juliane Fernandes, aluna do primeiro ano do ensino médio da Escola Estadual Ramiro Olavo, destacou a importância da atividade para sua vida acadêmica. “Quero ser engenheira ambiental, então, essa oportunidade de poder vivenciar a natureza é essencial para mim”, disse (Agencia Pará, 2014).
“É bastante importante (preservar) porque também somos parte da natureza”, afirmou o estudante João Renato Tavares, 12, que estava ansioso para entrar na mata. O passeio começou com caminhada por uma trilha cheia de surpresas, com direito a uma parada num olho d’água e até a presença de uma cobra cipó que assustou e encantou. Os militares que guiavam o grupo tranquilizaram as crianças explicando que a cobra só comia folhas e não era venenosa (Diário do Pará, 2014).
 
 
Sabrina Vilhena, 11, estava encantada com as árvores, enquanto caminhava pela trilha. Para ela, é importante preservar “porque a floresta morre se a gente jogar lixo”. Samara Melo Oliveira concordou: “É importante porque a gente tem que preservar a natureza pra ela não acabar”. A programação teve ainda rapel e banho de igarapé e teatro de bonecos na trilha dos macacos (Diário do Pará, 2014).

 
Após a realização da Corrida de Orientação, realizou-se palestra sobre meio ambiente, importância da preservação da natureza e preservação do Parque Estadual do Utinga. O Vice Presidente do Clube COARI realizou apuração dos tempos de percurso e definição das duplas vencedoras.

 

Após a apuração fez-se a premiação dos vencedores com medalhas para os primeiros lugares das duplas Masculina, feminina e mista, assim como de todos os participantes.
 
 
O resultado da atividade foi satisfatório considerando o interesse despertado nos alunos que participaram ativamente da dinâmica e houve a solicitação de novos percurso e a realização de um Curso de Corrida de Orientação para os Professores do Colégio Almirante Renato Guillobel.
 
Referências
http://www.diarioonline.com.br/noticia-165338-.html
https://pt-br.facebook.com/ongnoolhar
http://www.agenciapara.com.br/noticia.asp?id_ver=104822
http://www.folhadoprogresso.com.br/ong-realiza-corrida-para-lembrar-dia-da-amazonia/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Representações Cartográficas

Globo - representação esférica, em escala pequena, dos apectos naturais e artificiais de uma figura planetária, com finalidade ilustrativa.

Mapa - representação plana, em escala pequena, delimitada por acidentes naturais ou políticos-administrativos, destinada a fins temáticos e culturais.

Cartas - representação plana, em escala média ou grande, com desdobramento em folhas articuladas sistematicamente, com limites de folhas constituídos por linhas convencionais, destinada a avaliação de distância e posições detalahadas.

Planta - tipo particular de carta, com área muito limitada e escala grande, com número de detalhes consequentemente maior.

Mosaiso - conjunto de fotos de determinada área, montadas técnica e artisticamente, como se o todo formasse uma só fotografia. Classifica-se como controlado, obtido apartir de fotografia aéreas submetidas a processos em que a imagem resultante corresponde à imagem tonada na foto, não controlado, preparado com o ajuste de detalhes de fotografia adjacentes, sem controle de termo ou correção de fotografia, sem preocupação com a precisão, ou ainda semicontrolado, montado combinando-se as duas características descritas.

Fotocarta - Mosaico controlado, com tratamento cartográfico.

Ortofotocarta - fotografia resultante da transformação de uma foto original, que é um perspectiva central do terreno, em uma projeção ortogonal sobre um plano.

Ortofotomapa - conjunto de várias ortofotocartas adjacentes de uma determinada região.

Fotoíndice - montagem por superposição das fotografias, geralmente em escala reduzida. É a primeira imagem cartográfica da região. É o insumo necessário para controle de qualidade de aerolevantamentos utilizados na produção de cartas de métedo fotogramétrico.

Carta Imagem - imagem referênciada a apartir de pontos identificáveis com coordenadas conhecidas, superposta por reticulado da projeção

Revista Geografia, Conhecimento Prático, n 23, p 54. ed. Escala