22 de abril de 2011

Download de dados geográficos

A Internet rapidamente se tornou o meio preferencial para disseminação de dados. Sua quase universalidade está associada a custos de acesso cada vez mais baixos e isso motivou o desenvolvimento que se estendeu aos dados geográficos.

Os recentes desenvolvimentos tecnológicos, associados à Internet e, em especial à WEB (recursos sofisticados, crescente capacidade de processamento e de transporte de informação), têm vindo a criar excelentes condições para o desenvolvimento de novos ambientes para publicação, acesso, exploração e distribuição da Informação Geográfica.

Ao longo da evolução da Internet (Web), algumas alternativas para acesso a dados geográficos foram sendo implementadas dentro algumas limitações. Hoje existem muitas iniciativas no sentido de ampliar a disponibilidades de dados geográficos, tais como os “Blogs”.

Uma conseqüência positiva desse fato é o aumento significativo no número e no volume das fontes de dados geográficos disponíveis para acesso através de redes de computadores. Logo, a grande variedade de alternativas para disseminação de dados geográficos pela Internet não deixa dúvidas quanto à enorme demanda que existe por informação espacial simples de acessar, de obter e usar.

Contudo, as dificuldades dos pesquisadores, usuários, desenvolvedor ou especialista envolvido em temas ligados à representação computacional do espaço está ligado interoperabilidades destes dados geográficos.

O termo interoperabilidade pode ser definido a possibilidade da partilha eficiente de informação entre vários sistemas, aliada a uma possibilidade de comunicação entre diferentes sistemas de informação.

Todavia, oferecer serviços de acesso à informação geográfica é o reconhecimento de que está é um bem para a sociedade e que, estando disponível no tempo certo, com qualidade adequada, de maneira livre e a baixo custo, pode fomentar uma ampla gama de iniciativas, públicas, privadas, individuais ou do terceiro setor.

Portanto, a Internet veio alterar a acessibilidade à Informação Geográfica criando um canal alternativo para a sua divulgação e disponibilização, constituindo também um meio de transmissão de informação, através, por exemplo, da importação (download) direta por um utilizador.

Assim, nossa contribuição neste cenário começa por disponibilizar MAPAS MUNICIPAIS EM PDF. Deixe seu comentário neste blog depois do download!


Referência
DAVIS, Clodoveu A. Jr, Sousa; Ligiane Alves; BORGES, Karla A. V. Banco de Dados Geográficos. Cap. 10: Disseminação de dados geográficos na Internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Representações Cartográficas

Globo - representação esférica, em escala pequena, dos apectos naturais e artificiais de uma figura planetária, com finalidade ilustrativa.

Mapa - representação plana, em escala pequena, delimitada por acidentes naturais ou políticos-administrativos, destinada a fins temáticos e culturais.

Cartas - representação plana, em escala média ou grande, com desdobramento em folhas articuladas sistematicamente, com limites de folhas constituídos por linhas convencionais, destinada a avaliação de distância e posições detalahadas.

Planta - tipo particular de carta, com área muito limitada e escala grande, com número de detalhes consequentemente maior.

Mosaiso - conjunto de fotos de determinada área, montadas técnica e artisticamente, como se o todo formasse uma só fotografia. Classifica-se como controlado, obtido apartir de fotografia aéreas submetidas a processos em que a imagem resultante corresponde à imagem tonada na foto, não controlado, preparado com o ajuste de detalhes de fotografia adjacentes, sem controle de termo ou correção de fotografia, sem preocupação com a precisão, ou ainda semicontrolado, montado combinando-se as duas características descritas.

Fotocarta - Mosaico controlado, com tratamento cartográfico.

Ortofotocarta - fotografia resultante da transformação de uma foto original, que é um perspectiva central do terreno, em uma projeção ortogonal sobre um plano.

Ortofotomapa - conjunto de várias ortofotocartas adjacentes de uma determinada região.

Fotoíndice - montagem por superposição das fotografias, geralmente em escala reduzida. É a primeira imagem cartográfica da região. É o insumo necessário para controle de qualidade de aerolevantamentos utilizados na produção de cartas de métedo fotogramétrico.

Carta Imagem - imagem referênciada a apartir de pontos identificáveis com coordenadas conhecidas, superposta por reticulado da projeção

Revista Geografia, Conhecimento Prático, n 23, p 54. ed. Escala